Editorial: UMA NOVA FERRAMENTA PARA AJUDÁ-LO NA ESCOLHA DA ASSINATURA SÔNICA

NOVA TCL C755 CHEGA AO BRASIL
julho 5, 2024

Fernando Andrette
fernando@clubedoaudio.com.br

Em uma única sessão do nosso Workshop, realizado no mês de abril em São Paulo, ao final da apresentação três participantes vieram falar de sua dificuldade em compreender o conceito de ‘Assinatura Sônica’. Pois para eles fica difícil entender como a assinatura sônica de um produto avaliado por nós se comportaria em seus sistemas. Levo muito a sério todos os feedbacks passados pelos nossos leitores ao longo de todos esses anos. E assim que acabou o Workshop, coloquei em pauta esse tema para discutirmos internamente, e como poderíamos ajudar a todos os nossos leitores a compreender que todo produto testado possui uma assinatura sônica.

Como sempre descrevemos o ‘DNA Sonoro’ do equipamento em teste, ao longo do texto, percebemos que o que estava faltando era um gráfico que descrevesse ilustrativamente o resultado. E depois de inúmeras sugestões, escolhemos o que se mostrou desde o início a melhor ideia – um ‘VU’ – mas que em vez de mostrar os decibeis, foi adaptado para apresentar o equipamento com uma Assinatura Sônica Eufônica, que se caracteriza por um som agradável.

Evitamos usar o termo Musicalidade, para não confundir o leitor com o oitavo quesito de nossa Metodologia, e que é a soma dos outros sete quesitos avaliados.

O que em um ‘VU’ normal seria o zero dB, o nosso leitor encontrará a Neutralidade, ou seja, o equipamento que prima por impor o mínimo possível sua assinatura na reprodução musical. E à direita da Neutralidade, está a Transparência. Aqui também evitamos utilizar o termo ‘Analítico’ pois ele possui para muitos um teor pejorativo de uma sonoridade fria ou sem vida.

É preciso enfatizar que essa nova ferramenta só terá sentido quando avaliada em conjunto com as notas de todos os oito quesitos, e a leitura integral de cada avaliação. Vista isoladamente, ela só servirá para aqueles que estão iniciando do zero todo um setup – pois aí ele poderá escolher cada componente pela Assinatura Sônica que mais deseja.

Óbvio que essa escolha também necessitará levar em conta produtos com pontuações semelhantes, pois não adianta definir a Assinatura Sônica e ter pontas soltas de elos fracos.

Para aprimorar a ajuda, na edição Melhores do Ano iremos colocar em todos os produtos avaliados neste ano o ‘VU’ dessa nova ferramenta.

Espero sinceramente que ela ajude nossos leitores a fazerem upgrades cada vez mais seguros e satisfatórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *